Unlimited PS Actions, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Design & Illustration
  2. Drawing
Design

Como Desenhar Furries ou Personagens Antropomórficos

by
Length:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Ingrid Fornazari (you can also view the original English article)

Final product image
What You'll Be Creating

Você consegue se lembrar deles na sua infância - Pernalonga, Pato Donald, Robin Hood da Disney... Todos esses animais andando e falando são tão parecidos com humanos que você começa a tratá-los com humanos. Esses personagens são antropomórficos: eles são basicamente animais com seus corpos modificados para se assemelhar a humanos de duas formas, no modo de se mover e no comportamento geral.

O antropomorfismo é frequentemente usado em filmes/livros infantis, porque é fácil criar personagens originais dessa forma, e as crianças são mais atraídas por animais/máquinas falantes fofinhos do que por humanos "normais" entediantes que eles vêem todos os dias. Mas os antropomórficos, como essas criaturas são chamadas, são populares entre audiências mais velhas.

Assim como no mangá, personagens antropomórficos podem ser mais interessantes e visualmente atraentes do que humanos reais. Suas feições exageradas permitem ao artista comunicar as emoções deles livremente, e não há pressão para atingir um realismo completo, já que os antropomórficos não são reais por definição. Por isso eles são um excelente tópico para desenhar!

Mas o que exatamente são personagens antropomórficos, e como você pode criá-los?

O que é Antropomorfismo?

Nós nascemos com a tendência de atribuir características humanas a entidades não humanas. Antes da aurora da civilização moderna, pessoas costumavam ver alma em pedras, árvores e animais, e tratar fenômenos naturais como poderosas entidades com vontade própria. Mesmo ocorrências aleatórias eram atribuídas a vontade do "destino" que algumas vezes "sorria" para uma pessoa ou era "cruel" com elas.

Esse traço curioso da mente humano nos permitiu criar histórias com personagens não humanos, para deixá-los mais interessantes e para tornar o significado deles mais claro, especialmente para crianças. Personagens não humanos tornam a história irreal obviamente, então não podem ser confundidos com eventos reais, mas isso apenas faz com que a verdade profunda escondida nelas sobressaia mais.

anthro rabbit alice in wonderland
Representação original de um coelho fictício antropomórfico do primeiro capítulo de Alice no País das Maravilhas.

Antropomorfizar significa simplesmente "tornar alguma coisa parecida com humano". Pode ser feito de várias maneiras: pode ser dito que uma árvore pense e fale enquanto mantém sua aparência normal de árvore, mas também pode ter "braços" e "mãos" feitos de galhos, e um "rosto" totalmente expressivo esculpido no tronco. No caso dos animais, eles podem ser feitos como bípedes e usarem roupas humanas, suas faces podem ser alteradas para mostrarem emoções humanas.

Personagens antropomórficos são usados hoje em dia nos desenhos animados e livros infantis, mas também como mascotes para instituições e eventos, e como ilustração para ideias. Um urso polar antropomórfico pode nos tornar mais empáticos em relação a esses animais e nos sentirmos mais responsáveis pelas alterações climáticas, e uma Terra antropomórfica pode nos ajudar a ter mais cuidado com reciclagem. Mesmo um antropomorfismo sútil, como colocar um sorriso num item, ou simplesmente falar sobre ele como se tivesse sentimentos, pode nos fazer mais ter mais cuidado com ele.

anthropomorphic chair
É muito fácil sentir pena dessa "cadeira solitária" quando foi atribuída uma expressão facial reconhecível.

A alta expressividade dos personagens antropomórficos os torna populares entre os artistas, porque eles não precisam ser tão fiéis ao realismo. Você pode fazer seu personagem ter aventuras humanas com os amigos dele (ir a escola, se apaixonar, ter um bichinho de estimação) sem ter que desenhar um humano, e tornar a história ainda mais interessante desse modo. Seus personagens podem ter uma aparência finalizada profissional, mesmo que eles seja simples na realidade, porque a simplicidade deles não é uma falha.

Além da funcionalidade óbvia dessa solução, personagens antropomórficos simplesmente tem um valor estético para muitas pessoas. Há apenas algumas maneiras de deixar um humano bonito, enquanto você pode desenhar mil homens-pássaro baseados em várias espécies. Assim como os personagens de mangá, os antropomórficos podem ser feitos completamente fantásticos e fora da realidade em sua aparência, o que leva o artista a ser extremamente criativo, enquanto mantém sua história centrada na realidade. Simplesmente pensar em vários antropomorfos pode ser bem inspirador também. Como seria um homem leopardo?

cheetah anthro furry 0laffson
Goggly Cheetah por 0laffson

Personagens antropomórficos também são usados na ficção para fazer o mundo mais extraordinário e diferente do nosso. Em tais mundos, humanos são simplesmente uma das muitas raças "inteligentes", que se torna uma base conveniente para interações interessantes. Por exemplo, em um mundo ficcional, o homens gato podem ser tratados como escravos, o que pode ser uma maneira segura para abordar discriminação racial. Tal história pode ser feita completamente realista, até mesmo dark, apesar de ter personagens irreais.

fantasy dnd anthro characters rainbow foxy
Em um contexto de fantasia, os antropomórficos não parecem estranhos. Arte por Rainbow-Foxy.

O que são Furries?

Entre os personagens antropomórficos, animais são os mais populares. Humanos são animais, afinal, então nós somos todos bem semelhantes, especialmente entre os mamíferos. Vem quase naturalmente para nós designar características humanas para os animais, por exemplo chamar um cão de mau, por ter destruído nosso calçado, ou sentir pena de um pássaro macho rejeitado por uma fêmea. Fazer o animal ficar em pé nas patas traseiras e fazer coisas tipicamente humanas não parecem muito forçado para nós por causa disso.

wolf anthro furry illya royz
Arte por Ilya Royz.

Nós podemos nos identificar até determinado ponto com certos animais. Nós podemos pensar em nós mesmo como "eu sou como um lobo, quieto e reservado entre estranhos, mas muito leal aos meu amigos", ou eu sou como uma leoa, vou fazer de tudo para proteger minhas crianças." Se você é criativo o suficiente, você pode imaginar uma visão detalhada do seu "eu animal", tirando isso do seu pensamento e em uma real fisicalidade. Não seria legal ter um rabo para abanar quando você estiver feliz, e expressar suas emoções mais claramente com suas orelhas? se você gosta dessa visão, talvez você seja um furry.

Furries são pessoas que são fãs de animais antropomórficos. É um termo bem amplo, poque sua simpatia em relação ao fandom pode ser expressa de várias maneiras. Você pode simplesmente ler quadrinhos estrelando animais antropomórficos, desenhá-los, representar um animal antropomórfico num RPG com seus amigos. Você pode criar um design detalhado para sua 'fursona'(seu eu animal imaginário), e se "tornar" esse personagem por usar uma roupa especial. Você pode até mesmo ir a convenções especiais de furry, onde os furries podem interagir com pessoas que compartilham os mesmos interesses. "Furry" é também o termo usado para um animal antropomórfico, mesmo que ele seja um réptil (apesar de que o termo "scalie" pode ser usado também para esse último).

furry fursuits moscow
Roupas fur de alta qualidade são vem caras, mas elas permitem uma ótima imersão nesse mundo fantasia. Furries of Moscow por ThatFrank.

Embora frequentemente retratados pela mídia como aberrações, os furries são simplesmente pessoas que amam o conceito de animais antropomórficos. A única diferença entre eles e, digamos, os Trekkies (fãs de Star Trek), é que eles são mais visíveis, pela arte que eles criam (montes e montes de arte original, e não apenas fanart como os Trekkies), e as roupas fur que parecem para muitas pessoas mais infantis do que os cosplays "normais". Uma pessoa fazendo cosplay de um minotauro (homem-touro), vai ter bem menos olhares de julgamento do que uma pessoa fazendo cosplay de homem raposa, o que apenas pode ser explicado por muitos conceitos errados sobre a comunidade furry.

Para os furries, antropomorfos são como pessoas de espécies diferentes, um tipo de não humanos que parecem humanos. Quando perguntados sobre o atrativo de tais designs, eles normalmente mencionam a aparência tediosa de personagens humanos (limitados por sua humanidade). Animais antropomórficos introduzem uma maneira simples, pura de comunicação, sem a complexidade da interação humana "normal". E sua aparência pode expressar seu caráter claramente, o que não é tão simples com humanos.

anthro dragon furry iguancheg
Arte por iguancheg.

Furries tem normalmente uma imaginação vasta, e muitos deles se expressam através de suas habilidades artísticas. Criar arte é a maneira mais fácil de tornar um personagem furry real e visível para outras pessoas. Desenhar sua fursona e usá-la como avatar em uma mídia social ode levar você a se tornar esse personagem e ser visto como um pelos outros. RPG é também mais fácil quando você tem uma "foto" do seu personagem para mostrar ara os outros jogadores.

Como Desenhar Animais Antropomórficos

Eu mencionei antes que os personagens antropomórficos são mais fáceis de desenhar do que humanos realistas, mas mais fácil não significa fácil. Você ainda precisa saber alguma coisa sobre desenho de humanos, porque os animais antropomórficos são animais parecidos com humanos. Então vamos ver o que você precisa saber para desenhar bons personagens antropomórficos.

Anatomia é a chave

Humanos não são os únicos mamíferos bípedes (andando em duas pernas como modo normal de locomoção). Entretanto, fazer um animal ficar em pé em duas pernas o torna automaticamente parecido com humano.

Você pode simplesmente anexar uma cabeça animal num corpo humano. Entretanto você perde muitas oportunidades para um design interessante dessa forma, porque embora isso possa ser tecnicamente chamado de antropomorfo, ele não parece plausível, o que mata a imersão (as partes "costuradas" chamam a sua atenção para longe da personalidade do personagem).

rabbit woman anthro
Isso é um coelho? É uma mulher? Seu cérebro tem um momento difícil tentando interpretar tal híbrido como uma única criatura.

Para criar um personagem furry realista, no qual as pessoas possam acreditar, você precisa olhar a anatomia de ambos, humano e animal. Quando você conhecer isso, você estará apto a criar designs convincentes, antropomorfos que parecem que poderia realmente existir. Mesmo os personagens simples e puramente cartoon, tem sua anatomia simplificada, não adivinhada, e isso faz a diferença.

Ritmo

Se você olhar os humanos como um todo, eles parecem relativamente semelhantes, alguns altos, outros baixos, alguns magros, outros mais fordos, mas essas diferenças não são realmente impressionantes. Artistas de Cartoon exageram essas pequenas diferenças para nos contar mais sobre o personagem, e o mesmo deve ser feito com os antropomorfos.

Você pode conseguir isso usando um ritmo corporal simplificado. Qual é a primeira coisa que você vê quando olha o personagem? Como você descreveria a silhueta dele se você pudesse usar apenas os termos de formas simples? Sempre comece seu esboço a partir disso, e você pode ter certeza de que seu personagem enviará uma mensagem consistente sobre a forma corporal dele.

anthro furry body type simplifying

Se seu personagem é tipicamente cartoon, certifique-se de repetir o ritmo por todo o corpo, por exemplo, torso alongado, cabeça alongada, dedos das mãos e pés alongados. Se você opta por realismo, isso não é necessário, mas ainda tenha certeza de que seu personagem tem um ritmo base em todo o corpo.

Você pode aprender mais sobre desenhar o ritmo a partir desses tutoriais:

Estrutura

Cada animal tem suas proporções corporais próprias. Antropomorfos combinam as proporções humanas e animais, mas ainda assim elas não são aleatórias. Proporções vem na maior parte do esqueleto: comprimento dos ossos e articulações entre eles. Você não precisa saber os valores fixos (como 13 cm), apenas os relativos (o antebraço é levemente mais curto que o braço).

Você pode aprender as proporções dos ossos analisando os esqueletos de ambos, humanos e animais que você quer usar. A internet está cheia de ótimas referências para isso, especialmente se o animal é um dos comuns. Para analisar as proporções, reúna um conjunto de várias referência (quanto mais vistas diferentes, melhor), e esboce os esqueletos de forma simples, tentando encontrar a receita que você consegue memorizar.

lion skeleton studies

Mais tarde, combine os dois conjuntos de proporções em um, focando na funcionalidade, assim como na aparência. Pernas de animais são do jeito que são, não porque é bonitinho, mas porque elas são otimizadas para movimentação quadrupedal. De forma semelhante, a estrutura incomum das pernas humans, vem mais diretamente da função delas, criando uma posição vertical e permitindo uma movimentação bipedal. Um homem raposa bípede, entretanto, não pode ser apenas uma raposa ficando em pé nas patas traseiras, ele tem que ser modificado para ficar mais parecido com humano. E isso é apenas uma das muitas coisas que você precisa considerar quando cria a estrutura corporal para o seu furry.

comparative anatomy furry
Humanos desenvolveram muitas adaptações para a locomoção na vertical, e os leões para uma locomoção quadrúpede. Se seu homem leão pretende andar em duas pernas, ele não pode fazer isso enquanto ainda se parece com um leão.

Massa

Depois de ter suas proporções, você pode acrescentar a massa corporal de verdade a ele. A forma do corpo vem dos músculos, gordura e pelo, nessa ordem em particular. O pelo permite que você esconda detalhes da silhueta, mas ainda assim não deve ser feito de maneira aleatória, a direção dos pelos é afetada pela forma da superfície abaixo dele.

bear anatomy skeleton muscles

Novamente o assunto é melhor aprendido analisando a anatomia de animais e humanos reais. Você não precisa ir tão longe e memorizar o nome da cada músculo e ligamento; tudo o que você precisa é a forma que eles têm. Então pesquise por diagramas de músculos e esboce-os, tentando simplificar as formas em algo fácil de memorizar e reproduzir. Você pode encontrar tais diagramas em meus tutoriais sobre como desenhar vários animais.

Quando você souber de onde vem a forma do corpo do animal e do humano, você pode misturá-los no seu design. Fique a vontade para exagerar.

Mas os músculos não são tudo quando se trata de forma do corpo, nós temos a gordura e o pelo também. Esses você precisa estudar separadamente, para entender como eles alteram a forma criada pelos músculos. Você pode aprender isso desenhando animais reais com seus músculos apenas (usando fotos de referência), e então acrescentado outros elementos.

Você também precisa lembrar que as fotos não mostram a você toda a figura. Você pode aprender mais a partir de videos, e até mesmo observando animais reais. Pegue o seu sketchbook e vá ao zoológico!

Detalhes

Finalmente, quando o seu personagem tem um corpo totalmente esboçado, você pode começar a adicionar os detalhes. Ele tem mão ou patas? Como são os pés dele? O que ele usa, quais roupas, quais jóias? É a parte mais divertida sobre desenvolver um personagem, mais ainda assim, não deve ter nada de aleatória nisso. Mesmo os detalhes devem ser funcionais.

Os pés, por exemplo, são usados para andar, não para serem bonitinhos. As almofadas plantares não são aleatórias, elas são almofadas para os ossos nos pés. Se o seu personagem é bípede, fazer patas em vez de mãos faz sentido, se ele na verdade não usa os "pés" para caminhar? Você precisa pensar sobre todas essas coisas se quiser terminar o design de uma maneira convincente.

Não é apenas sobre anatomia. As jóias, roupas e armadura devem se encaixar no corpo e permitir um movimento natural. Não desenhe um bracelete em cada área vazia da pele; tente se tornar esse personagem por um pouco, e ver o que poderia vestir e como se você fosse ele. Talvez brincos longos e balançantes não sejam uma boa ideia para um homem gato caçador. Usar uma saia é sábio se você se move saltitando? Se você continuar pensando dessa maneira, você evita erros que quebram a ilusão que você está tentando criar.

Simplifique para Esclarecer

Você pode ter ouvido falar de um fenômeno chamado de o vale estranho (uncanny valley). Geralmente, quanto mais realista o rosto, mais nós gostamos dele, até que ele se torne quase real, mas não muito. Essa pequena falta de realismo é muito mais perturbadora do que estilização, porque nós vemos claramente que o rosto não é. Você pode usar essa informação para manter seu antropomorfo "real o suficiente", estilizado de uma maneira convincente, mas longe o bastante do vale estranho para evitar compará-lo com uma coisa real.

too realistic manga uncanny valley
As características faciais mangá parecem boas em um desenho tipicamente cartoon, mas quando eles se ficam realistas eles se tornam assustadores, não melhores.

A simplificação pode permitir que você dirija a atenção para o que realmente importa no seu design. Deixar o pé plano, exagerar os músculos, tornar os olhos enormes e expressivos como nos personagens mangá, e você deixará claro que não é realista, porque não pretendia ser, não porque você não sabia como fazer.

Simplificações removem os elementos desnecessários e exageram os mais importantes, mas você precisa fazer isso de forma consistente para criar uma imagem convincente. Por exemplo, um nariz feito de uma forma simples sem os buracos do nariz vai parecer bom apenas se o restante do rosto não tiver muitos detalhes. De outro modo, a falta deles será visível e inquietante para o observador.

how to simplify animals cartoon

A anatomia real não é fácil de aprender e lembre-se, a simplificação pode salvá-lo disso. Pessoas vão enxergar uma perna, mesmo se não tiver um joelho com forma perfeita; precisa apenas de uma articulação em uma determinada posição e alguma massa ao redor de dois ossos. Mas isso é algo que você precisa fazer por você mesmo; aprender a anatomia geral, e então remover as partes supérfluas passo a passo. Lembre-se, adivinhar não tem nada a ver com simplificação; a estilização tem propósito, não é aleatória.

how to simplify anatomy

Faça o Rosto Falar

Humanos tem muitos músculos pequenos em seus rostos usados especificamente para criar várias expressões faciais. Nós também podemos reconhecer a menor alteração neles, para interpretar o humor de outras pessoas. Animais, entretanto tem um repertória de expressões faciais adequado para suas espécies, nem de perto tão expressivos como nós, e o corpo todo importa mais na comunicação deles do que na nossa.

Por causa disso, simplesmente anexar uma cabeça de animal em seu corpo antropomorfo vai tornar bem difícil tratar a criatura como uma pessoa. Nós precisamos de sobrancelhas móveis, lábios flexíveis, brancos dos olhos visíveis, para traduzir as mensagens escritas na linguagem das expressões faciais humanas. Orelhas que se movem ou mudar a forma das pupilas podem se um acréscimo, elas são suficientes para um animal, mas não para uma pessoa inteligente e falante.

Isso significa que você precisa simplificar o rosto para deixar espaço para características mais humanas. As sobrancelhas são um dever, e elas tem que ser móveis, nós podemos ler muito a partir delas. Muitos animais parecem carregar apenas uma única expressão facial todo o tempo por causa das características faciais fixas que nós reconhecemos como sobrancelhas (por exemplo, muitos pássaro predadores parecem bravos ou orgulhosos, independente do que sentem). Eles não precisam ter a forma de sobrancelhas humanas, mas elas devem ser capazes de afetar a forma do olho.

anthro furry eyebrows
Muitos mamíferos tem um tufo de pelos acima dos olhos, você pode transformar essa parte em pseudo-sobrancelhas.

Lábios flexíveis são outra coisa. Se você der uma olhada de perto nos lábios humanos, eles na verdade são uma tira de pele curvada para fora. Em nós e em outros mamíferos, essa parte da pele tem seus próprios músculos, para que possamos sugar quando bebês. Por causa disso, nós podemos movê-los, embora humanos tenham levado isso ao extremo, o movimento dos lábios envia mensagens emocionais também. Fêmeas tendem a ter lábios mais cheios, o que é uma maneira fácil de acentuar o sexo do personagem.

Os lábios também são importantes para falar, observe como você pronuncia 'm','p','b','f','w','v'(pássaros falantes podem ter problemas com esses). Se o seu personagem é um pássaro, você pode ter que se comprometer; você tanto mantém ele realista e nunca usa nenhuma expressão ao redor dos "lábios" ou trata a abertura do bico como lábios humanos normais.

anthro furry lips

Na maioria dos animais você não vê realmente o branco dos olhos, e quando o animal quer olhar ao redor, normalmente eles usam toda a cabeça. Mas os humanos são diferentes, porque há muito do branco do olho visível, você pode ver exatamente para onde a pessoa está olhando.

Hipoteticamente, isso era usado por nós em caçadas em grupos ("apontar" silenciosamente com os olhos), mas hoje é mais usado para enviar mensagens não verbais. Revirar os olhos, olhar para longe, olhar oa redor quando está pensando, Se você quer que seu personagem seja capaz de se comunicar dessa forma, tenha certeza de que os brancos dos olhos estejam visíveis.

anthro furry white of the eyes
Experimente com o tamanho dos olhos também; olhos maiores são normalmente mais expressivos.

Mas os furries também são parte animal, eles podem ter meios adicionais de transmitir emoções. Por exemplo, a maioria dos mamíferos mostra seu humor movendo as orelhas, e os répteis podem usar sua língua para algo mais do que provar o ar. Experimente para ver como você pode fazer esses movimentos adicionais uma parte compreensível das expressões faciais.

anthro furry animal emotions

Emoções São Simples

Apesar de haver tantas emoções e tantas maneiras de demonstrá-las, no final elas podem ser simplificadas em poucos grupos. O rosto simplificado do seu personagem antropomorfo pode ser muito eficiente em demonstrar emoções, e sua simplicidade o torna ainda mais expressivo, porque há pouco espaço para erros confusos. Mova as sobrancelhas, arraste o canto da boca, aperte os olhos, e você contará muita coisa.

simplified emotions

Olhe em um espelho e tente mostrar essas emoções básicas: alegria, tristeza, surpresa, raiva, nojo. Vê como é fácil? É claro que essas são expressões faciais "atuadas", e nós parecemos diferentes quando as emoções vem naturalmente, mas você não precisa desse tipo de realismo no seu personagem antropomorfo. Você não precisa realmente aprender isso, apenas faça o mesmo rosto que você está tentando desenhar e verá que já sabe fazer isso. Mas se você quer estudar mais esse tópico, você vai amar esse guia complexo de emoções:

Mantenha a Consistência

Um personagem bem desenvolvido tem a mesma aparência todo vez. Você não apenas o reconhece pela espécie, cor e roupa, mas também pelas proporções corporais e do rosto. É por isso que é bom criar uma folha de referência para seu personage, onde você vai mostrá-lo em várias vistas e com várias expressões faciais, ou em diferentes roupas/não roupas.

anthro character how to recognize
Há mais no Pato Donald do que ele ser um pato branco em roupas características.

Uma folha de referência permite que você veja o personagem como um todo, não apenas um único desenho. Você pode usar tal folha para desenhar o personagem consistentemente mais tarde, ou para mostrar a outros artistas, de modo que eles sejam capazes de criar arte (ou uma roupa fur) para esse personagem fielmente. Você pode aprender como criar essa folha (e como criar um lobisomem antropomorfo, também) a partir dos tutoriais abaixo:

Conclusão

Enquanto os personagens antropomórficos tem sido popularizados em nosso tempo por livros infantis e filmes, eles certamente não estão limitados a eles. Meio humanos, meio animais podem combinar o melhor dos dois mundos, dando ao artista controle total sobre o personagem sem se submeter as rígidas regras do realismo. Eles também são tão diversos que qualquer um pod criar um personagem exclusivo personalizado, expressando sua própria personalidade de um modo que não é possível na realidade humana.

Você é um furry? Qual é sua fursona? O que você mais gosta em relação aos personagem antropomorfos? E se você não é um furry, o que você acha do fandom, ou animais antropomórficos em geral? Eu adoraria saber o que você pensa, sinta-se à vontade e deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.