Unlimited WordPress themes, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Design & Illustration
  2. Motion Graphics
Design

Animar Uma Linda Bicicleta em Vetor no Adobe After Effects

by
Difficulty:IntermediateLength:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Felipe Code (you can also view the original English article)

What You'll Be Creating

Uma das grandes vantagens de um gráfico vetorial é que este não é apenas fácil de editar e redimensionar, mas você também pode fazê-lo se mover! Soa como mágica? Siga este tutorial e aprenda como fazer sua linda bicicleta em vetor caminhar em um loop infinito no adobe After Effects.

1. Prepare Sua Imagem no Adobe Illustrator e Importe para o Adobe After Effects.

Passo 1

Usaremos a imagem do nosso tutorial Como Criar uma Bicicleta Infantil e Colorida no Adobe Illustrator. Primeiro de tudo, precisamos preparar nossa imagem no Illustrator. Você pode adicionar mais detalhes para a bicicleta, tais como sombras, destaques ou alguns acessórios—qualquer coisa que faça sua bicicleta mais intrincada. E certifique-se de ter adicionado o segundo pedal à bicicleta (o de trás), já que vamos fazer os pedais girarem. Eu troquei o tamanho do fundo para 800 x 600 px para torná-lo menos quadrado.

Mais adiante precisaremos posicionar cada parte que queremos mover em uma camada separada. No entanto, você pode deixar as partes estáticas agrupadas: por exemplo, os tubos, guidão e o assento da nossa bicicleta.

Salve as manchas do chão e as nuvens cada uma em um novo documento. Vamos animá-los também. Mantenha cada mancha e cada nuvem em uma camada separada no Illustrator.

Agora nós teremos três arquivos do Adobe Illustrator: um para a bicicleta, um para o chão e um para as nuvens. Verifique o painel de Layers (camadas) na captura de tela abaixo a fim de manter tudo organizado.

prepare the files in Adobe Illustrator

Passo 2

Agora vamos abrir o Adobe After Effects e começar a fazer um novo projeto. Vá em File > Import > File e selecione a imagem da bicicleta no formato .ai que criamos no Adobe Illustrator.

File Import File

Passo 3

Selecione Composition em Import Kind e clique OK para começar a trabalhar. Agora você pode encontrar seu arquivo na janela Project à esquerda e clique duas vezes nele para abri-lo na janela Composition no centro. Neste tutorial estaremos usando a Standard Workspace, assim se você quiser ter os mesmos painéis nos mesmos lugares, você pode trocar para Standard Workspace em Window > Workspace.

Select the Composition Import Kind

2. Faça a Animação das "Rodas Rotativas"

Passo 1

Vamos começar animar da parte mais simples da bicicleta: as rodas. Localize seu painel Timeline na parte inferior. Na área à esquerda do painel Timeline você pode ver todas as partes da bicicleta, as quais eram posicionadas em camadas separadas no Adobe Illustrator. É por isso que fizemos tudo aquilo no começo, assim nós podemos trabalhar com cada parte independente.

Se quisermos unir várias partes em um grupo, tornando nosso trabalho mais organizado, podemos usar o método a seguir: Selecione a roda traseira da nossa bicicleta com seu para-lamas na área esquerda do painel Timeline (aqui temos estas partes como duas camadas separadas), clique com o botão direito do mouse e selecione Pre-compose no menu suspenso. Agora podemos clicar duas vezes no grupo Pre-compose para isolá-lo.

Em outro caso, se o número de elementos não te incomoda, apenas pule este passo e clique duas vezes no objeto necessário (no nosso caso é a roda traseira) para abri-lo em uma janela Composition separada.

pre-compose the group of objects

Passo 2

Agora que isolamos a roda traseira, vá até o painel Timeline e abra o menu suspenso da roda ao clicar no pequeno ícone triangular próximo ao Label. Aqui temos as funções Transform, ocultas em outro menu suspenso. Para fazer nossa roda girar, precisamos trabalhar com Rotation. Clique no pequeno ícone do cronômetro próximo a Rotation, assim definindo nosso primeiro quadro-chave e vamos começar a animar!

click the stopwatch next to Rotation

Passo 3

Dê uma olhada na área principal do nosso painel Timeline. Há um Indicador de Tempo (Time Indicator), o qual agora está posicionado imediatamente no começo da Timeline e indica nosso primeiro keyframe, a posição inicial do objeto. Estaremos criando uma animação de dois quadros para a nossa roda.

Agarre o Time Indicator e mova-o para a posição de 04 s na Time Ruler, definindo o final do quadro. Você pode clicar no ícone do losango (próximo a Rotation) na parte esquerda do painel Timeline para definir o segundo keyframe; no entanto este será definido automaticamente se você alterar qualquer parâmetro do objeto neste ponto.

Na parte inferior do painel Timeline você pode encontrar o slider de escala (o ícone na forma de montanha), o qual ajuda aproximar e distanciar (Zoom in e Zoom out) na Timeline, definindo a quantidade apropriada de segundos na Time Ruler.

create two keyframes in the Timeline panel

Passo 4

Mantenha o Time Indicator no seu ponto final (04 s, nosso segundo keyframe), clique nos valores azuis de Rotation e defina valor de grau para 360. Agora temos um novo valor de Rotation no segundo keyframe, o qual se parece com isso: 1x+0,0º.

Se você mover o Time Indicator para a frente e para trás, você verá a roda girando. Você também pode apertar o botão Play na caixa Preview na área direita da Workspace para ver a rotação em ação.

set the rotation value and play the animation

Passo 5

Vamos fazer a mesma animação de dois quadros para a roda dianteira da nossa bicicleta. Para tornar as coisas rápidas e fáceis, selecione Rotation da roda traseira, a qual acabamos de animar, e copie (Control+C) as configurações. Então vá para a roda dianteira, clique duas vezes para isolá-la, selecione Rotation e cole (Control+V) as configurações. Agora temos exatamente a mesma animação para a roda dianteira!

copy-paste the settings to the front wheel

Você pode retornar para a janela principal Composition clicando nas tabs no topo do painel Timeline e checar a animação de ambas as rodas em ação.

A fim de fazer uma animação infinita em loop, vá até o painel Timeline e encontre o slider Work Area End, imediatamente abaixo de Time Ruler. Coloque o slider de volta em 04 s, no mesmo local que Time Indicator. Agora se você apertar Play no painel Preview, você terá sua animação perfeitamente repetindo de novo e de novo.

make an infinite animation loop

Vamos mover os pedais!

3. Faça os Pedais Girarem.

Passo 1

Primeiramente vamos animar o pedal frontal. Isso consiste em três partes, dessa forma podemos selecionar todos eles e usar "Pre-compose". Clique duas vezes no grupo Pre-compose e aproxime o zoom um pouco, se necessário, pressionando Control-+ ou simplesmente girando a roda do mouse (seu objeto em vetor pode parecer um pouco pixelizado neste passo, mas é assim que ampliação realmente trabalha no AAE).

Vamos começar animando a partir do círculo cor-de-rosa, o qual posicionamos em baixo. Abra o menu Transform no painel Timeline.

precompose the pedal parts and isolate the group

Passo 2

Precisamos fazer a mesma coisa que fizemos com as rodas. Clique em Time-Vary stop watch (ícone do cronômetro) próximo à Rotation, criando nosso primeiro keyframe no início da Timeline. Mova o Time Indicator para 04 s e defina o valor de Rotation para 360 graus, criando um segundo keyframe.

animate the rotation of the pink circle

Passo 3

Vamos anexar o braço do pedal ao círculo cor-de-rosa. Primeiro, precisamos nos certificar de que o ponto pivô do braço do pedal está no centro do círculo cor-de-rosa. Mantenha o braço do pedal selecionado, pressione Y e arraste o ponto pivô para o centro da roda cor-de-rosa.

Agora use a Pick Whip (um ícone de uma espiral no painel Timeline, ao lado das layers) para linkar o braço do pedal à roda cor-de-rosa simplesmente clicando em Pick Whip e arrastando-o para a layer da roda. Você verá uma linha azul de conexão, como mostrado na captura de tela abaixo.

Você também pode selecionar o objeto Parent manualmente de um pequeno menu suspenso próximo à layer do braço do pedal selecionando ''3. Rotating wheel" em vez de "None".

parent the objects using a pick whip

Ótimo! Agora se movermos o Time Indicator, veremos que o braço do pedal está se movendo junto com a roda cor-de-rosa. No entanto, a parte verde remanescente do pedal permanece estática. Vamos consertar isso e fazer toda a composição se mover.

move the parent objects

Passo 4

Selecione o pedal verde e vamos tentar conectá-lo com o braço do pedal com a Pick Whip. Agora se movermos o Time Indicator, veremos que tudo se move junto, mas o pedal também gira em torno do seu próprio eixo. Na verdade isso não é o que nós queremos. Para evitar isso, vamos usar um truque simples e útil!

link the pedal to the pedal arm

Passo 5

Abra o menu Transform do pedal verde e clique pressionando o Alt no ícone do cronômetro, próximo à Rotation para adicionar uma expressão. Você verá um novo sub-menu aparecer. Agora selecione a Pick Whip, próximo à Expression: Rotation e conecte-a com o valor de Rotation da roda cor-de-rosa.

Após fazer isso, você notará uma linha de texto no seu painel Timeline, referindo-se a Expression: Rotation do pedal verde. O que precisamos fazer aqui é posicionar nosso cursor do mouse no final do texto e adicionar o seguinte valor: *-1 (multiplicar por menos 1). Agora se você checar a sua animação, você verá que o pedal se move junto com toda a construção como deveria.

use Expression rotation to fix the pedal

Passo 6

Também temos o pedal traseiro. A única diferença do pedal dianteiro é que este não precisa ter a roda cor-de-rosa. Na verdade, não precisamos dele, já que podemos posicionar o ponto pivô do braço do pedal em sua ponta (como fizemos com o pedal anterior) e aplicar a mesma animação Rotation de dois quadros ao braço do pedal como se tivéssemos a roda cor-de-rosa.

Então selecione o pedal verde e conecte seu valor Expression: Rotation ao valor de Rotation do braço do pedal, usando a Pick Whip. Adicione *-1 à linha de texto no painel Timeline.

animate the second pedal

4. Anime as Manchas do Solo

Passo 1

Temos as manchas do solo em um arquivo separado do Adobe Illustrator. Vamos em File > Import > File para importá-lo para o nosso projeto. Selecione Composition Import Kind e arraste o arquivo do solo da janela Project à esquerda para a área das layers Timeline na parte de baixo, posicionando-o entre o fundo e as partes da bicicleta.

import the ground file

Passo 2

Clique duas vezes para isolar o grupo do solo. Vamos começar da elipse maior, a qual está na parte de baixo. Encontre-a na área das layers na sua Timeline e abra o menu suspenso Transform. Faremos com que ela mude de tamanho, e para este propósito estaremos alterando os valores de Scale (escala). Clique no cronômetro próximo à função Scale, definindo nosso primeiro keyframe no começo da timeline.

animate the scale of the big spot

Passo 3

Vamos criar o segundo keyframe em 04 s posicionando o Time Indicator em 04 s da Time Ruler e clicando no pequeno ícone próximo à Scale. Não troque os parâmetros de Scale neste estágio, já que queremos que a elipse preserve sua forma inicial no primeiro e último keyframe.

add a second keyframe

Passo 4

Vamos adicionar um outro keyframe entre os dois primeiros, fazendo uma animação de três quadros. Posicione o Time Indicator em 02 s da Time Ruler e neste ponto, troque o valor horizontal de Scale (a largura do objeto) para 80% (desmarque a caixa de Constrain proportions (ícone da corrente) próximo aos valores para fazê-los mudarem independentemente um do outro).

Dessa forma achatamos nossa forma um pouco, fazendo-a mais estreita no meio da animação. Se dermos Play na animação, veremos que nossa mancha diminui e então volta para a forma inicial, restaurando sua largura.

make the shape narrower in the middle of the animation

Passo 5

Vamos fazer a mesma animação de três quadros para duas das manchas menores, acima da mancha maior. Estas duas representam a sombra abaixo das rodas da nossa bicicleta. Dessa vez defina a Scale width para 70% no keyframe do meio, deixando todas as outras configurações exatamente iguais as da mancha maior.

animate the shadows

Passo 6

Agora temos um grupo de manchas menores restantes. Queremos que se movam todas juntas ao longo do eixo horizontal, imitando o movimento do solo. A fim de tornar as coisas fáceis sem selecionar cada mancha individualmente e aplicar os efeitos para cada um, vamos usar um simples truque e criar um Null Object.

Null Objects são ótimos quando queremos trabalhar com um grupo de objetos, todos requerendo a mesma configuração. Um Null Object é um objeto não-existente, o qual pode servir como transporte para as configurações e propriedades que você quer aplicar para outros objetos. Em outras palavras, isso te poupa bastante tempo. Vamos ver como isso funciona!

Clique com o botão direito do mouse na área das layers do painel Timeline e selecione New > Null Object. Ele aparecerá no topo da lista de layers. Agora apenas selecione todas as manchas pequenas e use a Pick Whip para unir as manchas com o Null Object (você precisa conectar apenas um deles e os outros se conectarão automaticamente).

create a null object and parent the spots to it

Passo 7

Mantenha as manchas selecionadas e duplique-as (Control+D). No painel Timeline, coloque as layers duplicadas no topo arrastando-as, assim você terá dois grupos de manchas, uma em cima da outra.

duplicate the spots

Passo 8

Agora, mantenha as manchas duplicadas selecionadas, vá até a janela Composition, pegue a Selection Tool (V) e arraste as manchas para a direita, segurando a tecla Shift no teclado. Posicione as manchas fora da tela, próximo ao canto direito.

Veja na captura abaixo como isso deve parecer. Use a Hand Tool (H) ou apenas segure a barra de espaço para movimentar a artboard.

move the duplicates of the spots outside the art board

Passo 9

Selecione as manchas na artboard e mova-as para o lado oposto, assim a primeira mancha à esquerda fica no canto da artboard.

move the spots closer to the edge of the art board

Passo 10

Agora vamos animar o chão com a ajuda do Null Object! Dessa vez estaremos trabalhando com os valores de Position. Abra o menu Transform do Null Object e clique no cronômetro de Position para criar o primeiro quadro.

Mova o Time Indicator para 04 s, fazendo um segundo keyframe. Neste ponto, clique e segure o botão esquerdo do mouse no valor de horizontal Position e comece a arrastar o seu cursor do mouse para a esquerda. Você verá que o valor muda e a cena na sua janela Composition também se move para a esquerda.

Precisamos movê-la, assim o segundo grupo de manchas (a duplicata) toma o lugar do primeiro grupo. E o primeiro grupo deverá se mover para fora do canto esquerdo da tela.

Verifique a captura de tela abaixo. O quadrado vermelho descreve o movimento do objeto à esquerda.

animate the Null Object to move the ground

Esse é a posição final do objeto em 04 s, no segundo keyframe.

5. Anime as Nuvens

Passo 1

Nós temos o último elemento da composição restante: as nuvens! E vamos animá-las exatamente da mesma forma que fizemos com as manchas do chão.

Temos as nuvens em um documento separado do Adobe Illustrator, então primeiramente precisamos importá-lo (Import) para o Adobe After Effects, selecionando a opção Composition Import Kind. Então arraste o grupo de nuvens Pre-compose da janela Project à direita para o painel Timeline

import the clouds file in adobe after effects

Passo 2

Clique duas vezes no grupo de nuvens para isolá-lo. Selecione todas as nuvens no painel Timeline e duplique-os (Control+D). Vá até a janela Composition e mova as cópias para a direita, para fora da tela, posicionando a parte esquerda do grupo perto do canto, como mostrado na captura de tela abaixo.

move the duplicates of the clouds

Passo

Crie um Null Object e conecte todas as nuvens a ele, usando a Pick Whip.

Create a Null Object and parent all the clouds to it

Passo 4   

Finalmente, crie uma animação de dois quadros simples para o Null Object, o qual fará nossas nuvens se moverem da direita para a esquerda durante quatro segundos.

create a simple two-framed animation for the Null Object

6. Verifique Sua Animação e Exporte-a como GIF no Adobe Photoshop

Passo 1

Ótimo, agora temos todas as partes necessárias da nossa imagem se movendo, girando e alternando! Nós podemos retornar à janela Composition contendo todos os elementos e apertar Play no painel Preview para ver como ela funciona.

Se acontecer de você encontrar qualquer movimento errôneo nas nuvens ou no chão, isole o grupo problemático e tente trocar a posição dos objetos, por exemplo movendo o grupo duplicado de nuvens para mais próximo do canto, ou, ao contrário, para mais longe do canto, ajustando a distância dos objetos para a velocidade se seus movimentos.

Tudo em tudo, temos uma animação de um ciclo de quatro segundos para todos os elementos, assim todos os movimentos começam e terminam ao mesmo tempo.

check out your animation

Passo 2

Vamos para o estágio final do nosso tutorial e exportar nossa animação, assim podemos postá-la na internet e mostrá-la para o mundo! Usaremos o Adobe Photoshop para criar um GIF em movimento.

Primeiro de tudo, no Adobe After Effects, vá em Export > Add to Render Queue. Abrirá uma nova tab de Render Queue no seu painel Timeline.

go to Export Add to Render Queue

Certifique-se que você tenha a opção Best Render Settings selecionada. Você pode clicar nela para abrir um menu pop-up e marcar sua Render Settings. As opções Best Quality e Full Resolution devem estar habilitadas por padrão. Clique OK para fechar a janela.

select the Best Render Settings

Passo 3

Agora encontre Output Module abaixo de Render Settings e clique em Lossless. Selecione JPEG Sequence no menu dropdown Format e clique OK. Dessa forma faremos múltiplas imagens JPEG, uma para cada momento da nossa animação. Quando combinamos essas imagens, teremos uma imagem que se movimenta.

Select JPEG Sequence in the Format of the Output Module

Passo 4 

Clique em Output To, abra o menu suspenso e escolha o destino. Crie uma nova pasta para seu conjunto de JPEGs. E clique em Render.

select the destination and click render

Passo 5

Agora abra o Adobe Photoshop e vamos abrir (Control+O) a pasta com nossos múltiplos JPEGs. Selecione a primeira e marque a opção Image Sequence no rodapé da caixa de diálogo da janela Open. Clique OK.

Deixe Frame Rate como 30 frames per second na janela pop-up e clique em OK.

Agora criamos um arquivo de vídeo de nossa imagem.

open your image sequence in adobe photoshop

Passo 6

Vamos continuar, vá em Export > Save for Web (Alt+Shift+Control+S). Na caixa de diálogo de Save for Web, selecione o formato GIF na parte superior direita da janela. Defina a opção de Looping Options para Forever na parte bem abaixo na janela, agora teremos nossa animação se repetindo de novo e de novo. Deixe todas as outras opções como padrão e clique em Save para exportar nosso GIF para o destino desejado.

go to Export Save for Web

Passo 7

E uma dica final aqui. Se você deseja salvar sua animação como um vídeo em vez de GIF, então você não precisa usar o Adobe Photoshop, afinal.

Nesse caso, no Adobe After Effects, vá em Export > Add to Render Queue e então vá em Output Module abaixo de Render Settings e clique em Lossless. Selecione Quick Time no menu suspenso Format e clique em OK para salvar seu arquivo como *.mov. É isso! Agora você pode subir o vídeo para o YouTube ou Vimeo.

export your video

Na dúvida, vá pedalar!

Voilà! Nossa bicicleta animada está pronta! Podemos assistir essa animação infinita por toda a eternidade, mas vamos voltar para o mundo real e continuar fazendo novas coisas criativas! Eu espero que essas dicas e truques tenham sido úteis e ajude-o a criar e animar coisas que se movam e giram. Divirta-se!


Seja o primeiro a saber sobre novas traduções–siga @tutsplus_pt no Twitter!

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.