Advertisement
  1. Design & Illustration
  2. Theory

Os Elementos de Design de Personagens Fofos

Scroll to top
Read Time: 6 min

Portuguese (Português) translation by Ingrid Fornazari (you can also view the original English article)

Você sempre teve vontade de criar um personagem que tivesse potencial para encantar o mundo e competir com a Hello Kitty? Nesse artigo eu gostaria de apresentar alguns elementos que fazem um personagem adorável e fofo, e te ajudar a atingir seus objetivos. Primeiramente vamos falar sobre o porquê algo é considerado fofo. Depois, eu gostaria de oferecer uma visão global sobre as proporções consideradas fofas, e como conclusão considerar regras gerais e dicas. A meta é criar um manual do design de personagens fofos que possa ser usado universalmente no processo do design.

Essa postagem é o Dia 1 da nossa Sessão de Ilustração de Personagem. Sessões Criativas

O que é Fofo?

No intuito de entender os fatores que fazem um personagem ser fofo, temos que explicar o porquê considerar alguma coisa como fofa. Não se preocupe, não será necessário levar você a uma expedição psicológica nas profundezas do seu subconsciente. É muito mais fácil que isso.

Como recém-nascidos e crianças os seres humanos não são capazes de sobreviver sem ajuda e cuidado dos adultos. Portanto um recém-nascido precisa de certas características que mostrem seu desamparo e necessidade de proteção, para que os adultos se sintam solicitados a cuidar do bebê. Está cientificamente provado que as proporções dos bebês evocam esse tipo de comportamento.

Essas características infantis tornam um bebê doce e nos leva a construir um relacionamento. Nós achamos isso atraente. E isso funciona inclusive quando nós vemos coisas que nos lembram um bebê ou apenas partes dele.

Isso significa que essas características podem ser conscientemente transferidas e aplicadas, por exemplo, no campo do design de coisas, e é claro especialmente no desenvolvimento de personagens. Será melhor se considerarmos as proporções em detalhes.

vitruv_500

Características Infantis

A Cabeça

Devido ao crânio humano crescer apenas um pouco, nós nascemos com uma cabeça relativamente grande. O comprimento da cabeça de um bebê é em média um quarto do comprimento de seu corpo. E é apenas um oitavo do comprimento do corpo em um adulto. O resultado é que isso é um importante traço da proporção de fofura. Personagens fofos precisam de cabeças grandes e redondas. O tamanho pode constituir até mesmo metade de todo o comprimento corporal. Exageros são possíveis e algumas vezes até mesmo necessários. Experimente!

O Rosto

Uma cabeça grande deixa bastante espaço para um rosto bonito. Então para que isso se torne fofo, algumas coisas devem ser consideradas. Os olhos e ouvidos são colocados proporcionalmente baixos no rosto e no crânio. Dessa maneira a testa se torna longa. Além disso, os olhos são bem distantes um do outro. Ambas características são muito importantes.

Do mesmo modo, os olhos tem que se mostrar para frente, igual por exemplo, ao desenho de cobras e pássaros. Os olhos de um recém-nascido são relativamente grandes. Olhos grandes tornam um personagem mais atrativo. Para dizer a verdade, a maioria das vezes, eu não desenho olhos grandes e detalhados. Isso é uma questão de gosto.

O nariz do bebê é muito macio e não desenvolvido totalmente. Parece muito bonitinho como um nariz arrebitado.

A boca não deve ter dimensões muito grandes. Tamanhos menores funcionam melhor, bocas grandes parecem perigosas. Na verdade, alguns personagens fofos japoneses nem sequer tem boca. Então isso não é necessário quando algo deve se tornar fofo. Do meu ponto de vista, eu não quero me render a isso.  Preste atenção que a boca não deve ficar muito longe dos olhos.

Eu gosto de dar aos meus personagens dois pequenos dentes, porque me lembram os dentes de leite das crianças que vão cair. Fica muito fofo, e tira um pouco da perfeição do personagem, o que os torna ainda mais adoráveis.

faceprops_500

Braços e Pernas

Os braços não devem ser muito longos.  As formas são macias e arredondadas. Músculos não se encaixam aqui.  Os dedos são curtos e gordos. Para desenhar os dedos os mais gordos possíveis há um pequeno truque: Deixe um dedo de fora. Considere o Mickey Mouse, funcionou muito bem.

As pernas devem ser muito curtas e roliças. Isso faz com que pareçam não apenas desajeitado, mas também relaxado e passivo. Passividade e um toque de desamparo enfraquecem nossos instintos protetivos, o pré-requisito básico. O andar bamboleante causado pelas pernas curtas é muito fofo. O que é mais charmoso que o andar bamboleante dos pinguins?

turtlehands_500

Independente desses traços de proporção, há outras características que devem ser consideradas. É uma questão de unanimidade que isso afeta o sucesso do design de um personagem fofo.

Redondo

Enquanto estiver desenhando preste atenção nas formas do seu personagem, para que elas fiquem arredondadas. Formas redondas são amigáveis e nos convidam a abraçá-las. Os contornos devem ser desenhados macios e redondos. Mantenha o traço grosso! Contornos duros e irregulares com ângulos pontudos perturbam a imagem geral e não se encaixam quando se trata de fofura.

Simples

Mantenha simples! É importante não fazer seus personagens muito complexos. Muitos detalhes só interrompem e diluem a imagem geral. A redução acentua os elementos que permanecem Eles fazem com que o personagem seja aplicável universamente. Para crianças e adultos também, simples e fofo!

round_500

Pequenos e Adoráveis

Excepcionalmente os personagens fofos são pequenos e adoráveis. Esquilos são doces, coelhinhos são doces. Pequenas criaturas não parecem oferecer perigo, porque nós podemos facilmente mantê-las sob controle. Aplicando no design de personagens, isso significa que o King Kong tem uma posição inferior no gráfico de fofura do que um coelhinho. O personagem tem que ser adorável, para ser mais exata, ele tem que parecer sociável e de coração aberto.

little_500

Cores

As cores ajudam a destacar os traços característicos da figura. Apesar de não haverem cores realmente fofas, a fofura de um personagem pode ser apoiada pela cor usada. Cores quentes e amigáveis parecem convidativas e amigáveis. Cores como rosa, amarelo, azul claro ou branco parecem suaves, inocentes e puras. Cores pastéis também servem muito bem. Elas tem aproximadamente o mesmo valor tonal e dessa maneira, apenas poucos contrastes. Isso faz com que eles pareçam mais macios e suaves.

Contrastes fortes devem ser evitados, a menos que uma certa afirmação seja pretendida. Contrastes fortes fazem com que o personagem pareça vivo e poderoso. Mas esses traços de personagem não se enquadram na definição de fofura.

colors_500

Conclusão

Espero que eu tenha obtido sucesso em oferecer uma visão geral dos elementos de fofura. Isso é apenas uma enumeração de todos os elementos. Não é necessário se ater a todos eles servilmente e trabalhar todos eles no personagem.

Exageros são bons instrumentos, dessa maneira o desenho do personagem parece vivo e individual. Também pode ser útil infringir alguns elementos, por exemplo,combinar elementos fofos e não fofos, aplicando contrastes fortes ou cores bem escuras, ou inventando uma história de fundo que mostre que o personagem não é tão fofo assim mas mau e vil. Isso ajuda a diferenciar seu desenho de personagem da enorme massa de figuras simplesmente fofas. Assim como em outros campos do design, é interessante pensar primeiro em um conceito convincente e original.

syndicate_500

Essa postagem é o Dia 1 da nossa Sessão Ilustrativa. Sessões Criativas
Advertisement
Did you find this post useful?
Want a weekly email summary?
Subscribe below and we’ll send you a weekly email summary of all new Design & Illustration tutorials. Never miss out on learning about the next big thing.
Advertisement
Start your 7-day free trial*
Start free trial
*All Individual plans include a 7-day free trial for new customers; then chosen plan price applies. Cancel any time.