Students Save 30%! Learn & create with unlimited courses & creative assets Students Save 30%! Save Now
Advertisement
  1. Design & Illustration
  2. Book Design
Design

Habilidades Interpessoais Necessárias para Ser um Ilustrador de Livros Infantis: Um Guia Prático

by
Length:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Ingrid Fornazari (you can also view the original English article)

Final product image
What You'll Be Creating

Procurando na internet, é bem simples encontrar artigos com informações sobre como criar um livro, do layout ao design de personagens, escrever sua própria história, e assim por diante. Nas minhas viagens eu descobri que a menos que você sente com um ilustrador experiente tomando um café, você provavelmente não vai descobrir o que eu gosto de chamar de habilidades interpessoais.

O nome habilidades interpessoais não implica que essas habilidades sejam de qualquer forma sem importância; longe disso. É assim que você aborda editores e autores para fazer um trabalho, lidando com o básico da natureza humana, e como você lida com a rejeição. Essa rejeição pode ser percebida, talvez eles não tiveram conhecimento do lindo cartão postal que você enviou, ou a rejeição real, onde seu estilo não se encaixa no livro ou no mercado para o qual você gostaria de criar.

Esse artigo vai dar a você o encorajamento para examinar o que fica abaixo da superfície da vida diária de um ilustrador de livros infantis.

Esse artigo vai cobrir:

  1. minha experiência pessoal de ser uma ilustradora de livros infantis
  2. como conseguir comissões
  3. o que fazer quando você consegue uma comissão de livro
  4. o processo de criação
  5. entrega da arte
  6. faturamento

1. Minha Experiência Pessoal de Ser uma Ilustradora de Livros Infantis

Minha experiência cobre quase dez anos sendo uma ilustradora freelance, e para colocar a minha experiência em perspectiva, eu vim para o mercado de ilustração sem saber nada. Eu conseguia desenhar, mas eu tinha zero habilidades interpessoais. Eu não sabia como abordar os editores, e eu mal tinha um portfólio.

Para encurtar, eu não tinha nenhum negócio para entrar no negócio de ilustração! Eu esfreguei minhas têmporas e pensei "O que eu estou fazendo!?" mas você aprende com seus erros, e felizmente durante esse tutorial eu vou ajudá-lo a evitar muitos momentos difíceis em alguns anos.

Rowena Aitken Childrens Book Illustrator Website Header

2. Eu Quero Criar Livros Para Viver. Como Consigo Comissões?

Desculpem-me amigos, esse não será um livro texto tipo "Se você seguir todos esses passos, você irá de rabiscar em guardanapos a ter um contrato com a Penguin para os próximos 10 anos." Cada trabalho e cada aplicação (escolher um termo melhor) para um trabalho é pura chance.

Pense nisso como plantar um jardim. Cada semente que você planta tem a oportunidade de ser uma planta saudável e viçosa, mas todos nós sabemos que não é esse o caso. Você pode plantar sementes de tomate num composto perfeito, mantê-las na temperatura perfeita, dar a quantidade ideal de luz e regá-las até com as gotas exatas, e ainda assim os pulgões vem e as comem até os tocos.

httpselementsenvatocomfresh-tomato-PC9K9DY

Assim é a vida e assim é a ilustração.

Seu website pode ser perfeito, seus cartões postais lindamente definidos, com a arte direcionada á empresa com a qual espera trabalhar, todos os detalhes de contato estão lá, seu portfólio é um sonho, há muito trabalho nisso e ele aparece. Você enviou o cartão para a pessoa certa, no endereço certo, e você corre para casa para colocar seus pés para cima e ficar olhando para a sua caixa postal.

O e-mail nunca chega. Você se culpa. A minha arte não é boa o suficiente? Como eles não amaram o que eu enviei? Eu deveria apagar toda a minha arte da internet, mudar meu nome, e me mudar para um ilha remota da Escócia.

Culpe os pulgões, pulgões metafóricos, é isso.

Muitas coisas podem acontecer. Primeiramente, diretores de arte (DAs) e editores também, são na maior parte, humanos. Eles são muito ocupados, e eles se esquecem, e eles não podem ser incomodados, eles estão de férias. A razão pela qual uma pessoa consegue o trabalho ou mesmo apenas um e-mail deles pode ser tão simples quanto o fato do cartão postal deles ter sido visto primeiro. Eu não vou dizer que é ou não sorte você ser escolhido, mas sim chance, o que você precisa é dar a você mesmo a chance e tentar criar o máximo de oportunidades possível.

É um ato de equilíbrio fino se manter no foco do editor ou dos DAs e não se tornar uma praga.

Autorreflexão é bom, e olhar para a sua arte e considerar o que pode ser melhorado é um dever. Aprender é bom e deve ser um processo continuo. Nós todos nos martirizamos com "não sou bom o bastante", e sabe o que mais? Está tudo bem. Talvez nós não sejamos bons o bastante para um trabalho em particular, nós não podemos ser bons em tudo.

Por exemplo, meu forte são animais, mas minha fraqueza é arquitetura. E eu estou bem com isso. Eu duvido que um AD procurando por alguém para recriar a linha do horizonte de Londres vai olhar meu portfólio de animais bobos e dizer, "Eles são PERFEITOS para fazer várias linhas retas." E está tudo bem.

Seja conhecido por sua força. Eu quero que os diretores de arte digam "Nós precisamos de animais bobos, e a pessoa perfeita para isso é a Rowena Aitken." Tome posse disso. Sim você tem que ter versatilidade, mas olhe para essas ilustrações abaixo.

Louise Forshaw: Dinossauros e crianças pequenas

Twitter: @Munkey_Pants | Website: http://www.munkeypants.com/

Louise tem um estilo ideal para crianças pequenas, personagens com grandes olhos amigáveis, rostos suaves, e alguma textura, especialmente nas escamas e cabelos.

Louise Forshaw

Tim Budgen: Humor e Personalidade

Twitter: @timbudgen | Website: https://timbudgen.com/

O trabalho do Tim é realmente forte, e os personagens são cheios de personalidade.

Tim Budgen

Chantal El-Bikai aka Capitão Chants: Lindo Estilo Anos Cinquenta!

O Capitão Chants cria um lindo estilo anos cinquenta limpo, com um toque de quadrinhos. Todas as curvas certas nos lugares certos!

Twitter: @CaptainChants | Website: http://www.captain-chants.net/

Chantal El-Bikai aka Captain Chants

Grace Sandford: Atrevido & Divertido

O estilo da Grace é uma arte atrevida com linhas fortes, que dá a sensação de suave e adorável ao mesmo tempo.

witter: @GraceSandford | Website: https://www.gracesandford.com/

Grace Sandford

Trevor Fraley: Estilo Cartoon com sombras simples

O estilo do Trevor é moderno e nítido com um uso divertido das linhas coloridas, especialmente no cabelo do último personagem.

Twitter: @illustrevor | Website: http://www.trevorfraley.com/

Trevor Fraley

Olhar outros ilustradores no seu campo é incrivelmente importante. Encontrar seu estilo não é fácil, e desenvolvê-lo é um processo por toda a carreira. Faça uma arte que você aprecie, e analise sua arte, faça melhoramento e peça críticas a colegas ilustradores. A indústria criativa é normalmente muito amigável, mas seja educado e respeite o fato de que eles podem esta incrivelmente ocupados.

3. Você Conseguiu uma Comissão par um Livro: E Agora?

Parabéns pela conquista! Assim que o UHU incial passar, você vai se deparar com o  "- Agora eu tenho um trabalho de verdade." Aqui eu vou falar sobre as habilidades que você precisa no dia a dia.

Trabalhando com Editore e Autores

O que você deve obter dos seus Editores e/ou Autores é um manuscrito ou um brief (resumo) de ilustração. Você deve ter um brief que diga, "Nós precisamos de 4 pontos de ilustração, as dimensões são 500px x 500px, CMYK "e uma breve descrição do que é necessário ter em cada ilustração. Algumas vezes, você pega um brief onde o cliente quer que você extrapole o texto.

Um Brief de um Livro Infantil> Ilustração de Página Inteira.

Aqui está uma amostra do  The Kilted Coo ilustrado por mim.

The Kilted Coo Artwork Brief Sample

Bem direto. Os tamanhos das páginas foram enviados de antemão, então eu sabia as dimensões que eu precisava trabalhar. O texto em itálico descreve a cena. Muita rédea solta aqui, essa imagem precisava ser de uma vaca das Highlands mastigando um pano.

Essa ilustração na verdade não apareceu no livro final. Isso pode acontecer já que o cliente pode mudar de ideia ou o ilustrador sugere algo que pode encaixar melhor. Nesse caso, eu falei com o editor e nós decidimos que não precisávamos da vaca mastigando um pano. A cena final mostro a vaca no campo com outras vacas (muus).

Não tenha medo de abordar os clientes se você achar que pode ser uma maneira melhor de mostrar a imagem. Entretanto, é muito importante não levar nenhuma crítica para o lado pessoal. Meu trabalho teve muitos aperfeiçoamentos do esboço inicial à peça final, e o trabalho sempre melhora.

Aqui está outro estilo de brief. Nesse caso, foi para uma publicação educacional onde os pontos de ilustrações tinham que encaixar ao redor do texto que foi fornecido pelo cliente. Aqui nós vemos o nome solicitado do arquivo 6CR_18_04, se a ilustração é cheia de cores, preta e branco ou em escala de cinza, e o tamanho da arte desejada. Próximo a isso está a descrição do que tem que ser a cena.

Uma Amostra de Brief Educacional: Pontos de Ilustração

Fallons Artwork Brief Sample

Esse são estilos de brief bem típicos, e  como sempre, se você estiver inseguro sobre algo, por favor, fale com seu cliente para esclarecimentos.

4. Então Qual é o Processo de Criar um Livro?

O processo de criar um livro é em alguns casos bem simples mas difícil em outros. Aqui estão algumas áreas que você pode não ter levado em conta, fora do desenho e design.

Comissões e Contratos

Eu não consigo enfatizar isso o suficiente: assine um contrato. Tanto crie seu próprio contrato ou faça com que o cliente forneça um. Uma grande fonte de contratos é a The AOI (The Association of Illustrators), que oferece recursos online e ótimos livros sobre o negócio de ilustração. Eu recomendo conferir.

Association of Illustrators - The Illustrators Guide To Law and Business Practice

Isso é necessário para que vocês dois saibam o que é esperado de cada um, quanto será pago, e quais são suas condições de royalties e copyright.

Se seu cliente fornecer um contrato, leia. Isso soa bobo, mas leia e pergunte tudo o que precisar de esclarecimento. Se houver qualquer coisa que você não goste, por favor discuta com eles. Se você tiver qualquer preocupação que eles não consigam responder, fale com um advogado ou com a AOI.

Leia a sinopse da história e questione qualquer coisa que não ficar clara, como a faixa etária, como é a aparência do personagem, se eles tem algum estilo em mente?

Como você será pago? Será o valor total quando terminar, ou serão pagamentos por estágios, por exemplo, quando os esboços são aprovados e quando a arte final for enviada? Descubra o máximo de informação que puder para qualquer eventualidade.

Quando você tiver tirado as obrigações legais do caminho, você está pronto para prosseguir e planejar o livro.

Quais são as informações que você Precisa Para Planejar um Livro

A informação dos editores que você precisa para começar inclui:

  • Número de páginas.
  • Tamanho das páginas.
  • Texto para as páginas.
  • Cores ou o humor desejado.
  • O que vai em cada página: personagens e cenário. Os autores que eu trabalhei através de editores forneceram notas sobre ilustração página por página e o número de páginas.
  • Fonte - é algo que o ilustrador tem que descobrir, ou eles tem uma fonte em mente? Assegure que a editora tem os direitos para usar essa fonte ou que a fonte seja grátis para usar em propósitos comerciais.
  • Faixa etária dos leitores.
  • Notas de estilo - ocasionalmente os clientes vão enviar links ou imagens de trabalhos com o estilo que eles gostam para mostrar o que outros ilustradores fizeram nesse campo para que seu trabalho se encaixe.

Dica Profissional: Não tenha medo de expor ideias que podem aperfeiçoar a arte ou o livro. Isso é apreciado, mas certifique-se de embasar sua ideia com um esboço ou imagens de referência.

Folha do Personagem

As folhas de personagens são designs que mostram as diversas vistas do personagem. Elas podem incluir a disposição em relação ao outros personagens, adereços, veículos e assim por diante.

Aqui está um exemplo de desenvolvimento de personagem para um cliente e eu discuti as paletas de cores adequadas para os personagens. Essa arte era para ser bem como desenho infantil e os personagens para esse  projeto foram animados, e você pode ver o resultado final no [espaço bem grande] website Our Big Box.

Our Big Box Character Colour Ideas

As folhas de personagens também podem ser assim:

Oliver The Otter Character Sheet

Essa mostra o Oliver The Otter do Ruan The Little Red Squirrel. Ele só aparece em uma página do livro, mas eu senti que era importante tratar os personagens igualmente para assegurar a consistência no estilo. As folhas modelo asseguram que você saiba como seus personagens vão se parecer de todos os ângulos e deixa seu trabalho muito mais fácil.

Dica Profissional: Tenha amostras de cores dos seus personagens nas folhas modelo de modo que você consiga pegar as cores deles rapidamente.

Para um ótimo tutorial sobre criar folhas de personagens, olhe o tutorial da Sara Berntsson Como Criar um Personagem de Histórias em Quadrinhos: Fazendo uma Folha de Personagem no Adobe Illustrator.

O layout do texto: é algo que eu, o ilustrador devo providenciar?

Para a maioria dos livros com os quais trabalhei, eu ofereci o serviço de layout, que é uma ótima maneira de ter controle total de criatividade no seu trabalho (com o consentimento do cliente, é claro). Isso também pode ser um bônus para um cliente que não tem que contratar freelances separados para criar seu livro. Isso também pode gerar uma renda extra!

Algumas editoras vão fornecer o layout do texto, e você tem apenas que encaixar as ilustrações ao redor dele.

O layout pode ser feito no Adobe InDesign, Adobe Illustrator e ocasionalmente também no Adobe Photoshop. Aqui está um link para um tutorial que eu criei sobre Como Fazer o Design de um Livro Infantil: Capa e Páginas Internas, para mostrar uma amostra do meu processo.

Ruan The Little Red Squirrel Text Layout Sample

A seguir nós vamos falar sobre como entregar a sua arte para o cliente.

5. Entrega da Arte

O que Acontece Quando você fala com o Cliente?

Esse estágio do processo é a tão importante entrega da arte. Algumas vezes esse estágio pode ser um longo, processo prolongado (perdão pelo trocadilho), então é importante que em seu contrato você permita um certo número de modificações na sua arte após cada estágio (esboços, amostras de cores e arte "final"). Anote no contrato que qualquer modificação, especialmente nos estágios finais do projeto, são cobradas em X por modificação.

Entrega

Quando você confirmar com o cliente que ele está satisfeito com tudo o que você fez (certifique-se de obter isso por escrito, só no caso...), é hora de enviar a arte para o cliente.

Dependendo do cliente, eles vão querer os arquivos em um dos seguintes formatos:

  • .ai (Adobe Illustrator)
  • .eps files
  • .jpg
  • .tiff
  • .psd (Adobe Photoshop)
  • .pdf (tanto PDFs idividuais para cada arte ou todos os arquivos no mesmo documento)
  • .indd package (Adobe InDesign)

Você deve confirmar tanto no contrato ou com o cliente antes de enviar.

Postando Arte Física

A maioria do trabalho que eu faço é digital, então uma entrega pelo correio é uma ocorrência rara. Certifique-se para arte físicas, se possível de conseguir um scan ou fotografia de alta qualidade da arte. Se a arte for perdida ou sumir, você precisa ter um backup.

Embale a arte em um pacote firme que não possa ser facilmente dobrado, torcido ou amassado. Pacotes não são sempre tratados com o maior cuidado, então pequenas coisas como reforçar os cantos e adicionar algumas camadas de papelão podem fazer a diferença.

Packaging Sample - A4 Reinforced Envelope

Os custos da postagem devem ser pagos pelo cliente e deve ser incluídos na sua cotação. Tanto isso pode ser um pagamento adiantado ou você pode cobrar a despesa depois. A postagem deve ser entrega registrada, com os níveis adequados de seguro dependendo do valor da obra de arte.

Finalmente, sempre tenha a prova da postagem e o recibo. Informe seu cliente se houver um número de rastreamento e quando foi enviado. Confira com eles para certificar que eles receberam a arte, são pequenas coisas como essas que os clientes apreciam.

6. Fatura

Essas é a parte final do trabalho. Com relação a enviar a arte para o cliente, você deve estabelecer nos seus termos se você vai receber o pagamento antes deles receberem a arte ou você enviará a arte e recebera o pagamento em uma data posterior, normalmente 30 a 60 dias, apesar de que isso pode variar.

O design da sua fatura pode variar de acordo com suas necessidade, mas aqui está um exemplo do design da minha fatura.

Rowena Aitken Sample Invoice

A informação de cabeçalho chave deve conter:

  • Seu endereço
  • O número do seu telefone de contato
  • Seu endereço de e-mail de negócios

Informações que seu cliente precisa:

  • O número da sua Fatura: esse pé um sistema numérico para seu próprio registro de modo que você possa conferir os pagamentos quando fizer suas contas.
  • A data que a fatura foi enviada: para que você possa rastrear os pagamento e elas ultrapassaram qualquer prazo contratual.
  • O nome do cliente: para verificar se você enviou para a pessoa certa.
  • O endereço do cliente: para verificar se você enviou para a pessoa correta.
  • Custos: com detalhes como, número de ilustrações e nome do trabalho. Se o trabalho tem um pagamento por estágios, como o "pagamento da entrega dos esboços" então adicione essa informação aqui.
  • Detalhes do pagamento: eu não consigo enfatizar isso o suficiente, tenha certeza de que esses detalhes estejam corretos! Eu vou admitir de uma vez, eu já digitei errado o número da conta e meu cliente não teve um momento agradável tentando descobrir o que estava errado. Os métodos de pagamento geralmente são transferência bancária ou PayPal, mas você pode ser pago em bolos, vouchers de venda, ou algum outro método então anote aqui!

Essa seção é a que eu uso quando estou lidando com um agente ou procurador usando a informação fornecida a mim na ordem de compra.

Purchase Order Section - Invoice

Isso normalmente inclui, mas não está limitado a:

  • Número da Ordem de Compra: os detalhes de rastreamento fornecido a você pelo cliente/agente/procurador.
  • Data da ordem: data da ordem de compra
  • Número do trabalho: fornecido a você pelo cliente/agente/procurador.
  • Nome do Cliente: se não estiver trabalhando diretamente com o cliente.
  • Título do projeto: para assegurar que a papelada combina.
  • Designer/Contato: agente ou procurador com o qual você está trabalhando.

Um ótimo toque e adicionar um cabeçalho personalizado e seu site no final da fatura. O benefício disso é que se sua fatura estiver numa pilha de papéis, será mais fácil de encontrar, e você poderá colocar suas mãos naquele frio e duro, dinheiro/bolo/voucher mais cedo.

Se você precisar de ajuda para criar uma fatura com aparência profissional confira o artigo da Melody Nieves mostrando 35 Modelos de Faturas para Empresas e Pequenos Negócios.

Conclusão

Eu espero que esse tutorial tenha dado a você algumas ideias sobre como um ilustrador de livros infantis trabalha e os altos e baixos do negócio. Eu desejo a vocês toda a sorte do mundo nos seus empreendimentos!

Para mais tutoriais relacionado com a criação de livros infantis, junte-se a Grace Fussell na guia de aprendizado sobre Como Criar um Livro Ilustrado para Crianças no Adobe InDesign.

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.